Sangrias e arrombamentos em açudes aumentam na PB

Imagem: divulgação

O volume das águas na Paraíba aumentou muito nas últimas 24 horas. A maioria encheu com as águas dos rios Taperoá e Paraíba, que fez sangramentos e sangradouros estourados. O Açude Epitácio Pessoa (Boqueirão) saiu dos 18% para 21,1%, neste domingo (8).

Um dos maiores acúmulos nos últimos meses, segundo o Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS). De ontem (7) para hoje (8) houve um aumento de 10.58 metros, o mesmo que um aporte hídrico de 75.070.812 m³ e de 1.11 cm na lâmina d’água do Boqueirão, o que corresponde a 12.975.495 m³. De acordo com Isnaldo Costa, o volume atual do açude de Boqueirão é 87.044.872 m³.

Um dos açudes que estourou foi na madrugada deste domingo (8), na cidade de São José dos Cordeiros. Numa propriedade particular no sítio Riacho Fundo, um açude foi construído de maneira irregular. Isnaldo viu o vídeo do açude estourado e disse que, da maneira que rompeu, isso se deu por causa do material mal compactado.

“No caso deste açude posso afirmar que o problema foi o de não compactação do solo, o que causa erosão rápida por causa do grande volume de água. Cada 1 m³ de água corresponde a 1 tonelada”, explicou.

O açude da cidade de Taperoá também está cheio, faltando apenas 15 cm para sangrar, conforme informações dos moradores. A prefeitura de Barra de São Miguel informou que o seu açude principal está sangrando depois de 10 anos de completa seca.

Valdívia Costa do PB Debate

Veja também: Chuvas em várias cidades da Paraíba sobem o nível do Boqueirão para 18%

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp