Servidora da Prefeitura teria adquirido apartamento através de jeitinho e anuncia venda na internet

O anunciante de um apartamento colocado à venda através de site de anúncios revelou todos os detalhes sobre a tentativa de negociação de um imóvel no Conjunto Major Veneziano, em conversa com um jornalista da rádio Campina FM que se fez passar por um comprador. Na ligação telefônica, o anunciante disse que o apartamento pertence a uma tia servidora pública que trabalha na Prefeitura e na Câmara de Campina Grande e que foi obtido através “da malandragem”.

A conversa entre o anunciante e o suposto comprador foi levada ao ar no programa desta quinta-feira (26).

De acordo com o anunciante que se diz sobrinho da proprietária do imóvel, ele pediu para ela colocar o anúncio e intermediar a venda por R$ 25 mil e que o autorizou até a receber veículos como parte do pagamento. Em tom jocoso ele diz que está aceitando até “galinha” na negociação.

Animado com a possibilidade de vender o apartamento, o rapaz explica que morava no local porque a tia tem outros imóveis e conseguiu o apartamento na malandragem e o deixou ficar lá com a esposa dele e os filhos, mas que agora separou-se e não tem mais intenção de permanecer no apartamento.

Após gravar a conversa, a produção do programa encaminhou os dados a Prefeitura de Campina Grande, inclusive com nomes das pessoas que foram citadas, mas não colocaram no ar e falou com o secretário municipal de Planejamento, André Agra.

O secretário disse que eles irão averiguar o caso e que a administração municipal está focada em coibir este tipo de irregularidade e já existem 130 pedidos de reintegração de posse. Ele aproveitou pra fazer um alerta em relação às casas do Complexo Aluízio Campos. “Estamos monitorando os que foram enregues e afunilaremos ainda mais em relação as futuras unidades e lembramos que esta prática é danosa para quem compra que perde o dinheiro e quem vende porque não poderá mais adquirir outro imóvel desta forma e está sujeito a ação por estelionato”, disse.

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp