Servidores da saúde paralisam atividades em Pocinhos

Servidores reivindicam pagamento referente ao mês de outubro e alegam atrasos todos os meses.

Servidores da saúde que não receberam seu salário, referente ao mês de outubro, suspenderam o atendimento em Pocinhos, no Curimataú do estado, nesta terça-feira (10).

Os servidores alegam que o prefeito, Cláudio Chaves Costa, estaria atrasando o pagamento todos os meses.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais – SINTAB, representado por Cilene Sales, já entrou nas contas da prefeitura de Pocinhos quase 2 milhões, mesmo assim, alguns servidores da saúde não receberam seu salário referente ao mês trabalhado.

– Cerca de 50 Servidores que recebem com recursos do FPM paralisaram suas atividades – destaca Cilene Sales.

Cilene ainda informou que as unidades mais afetadas serão os Postos de Saúde da Família (PSF), que terão seus atendimentos diminuídos pela metade.

A secretaria de saúde de Pocinhos não quis comentar sobre as paralisações e nem emitiu nota à imprensa.

Da redação.

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp