Shoppings de Campina Grande não devem oferecer serviços em ‘drive-thru’, recomenda MPPB

80
Foto: Reprodução

Na quinta-feira (21) uma recomendação do Ministério Público da Paraíba (MPPB) orienta que os shoppings centers de Campina Grande suspendam os serviços de drive-thur, com atividades e produtos considerados não essenciais. O documento pede que a possibilidade de comercialização de produtos passe a ser considerada apenas quando o Estado e Município permita a prática. A orientação foi destinada especificamente aos shoppings Partage e Luiza Motta, Localizados no Catolé.

Conforme o documento, encaminhado pelo Programa de Proteção de Defesa do Consumidor do MPPB (MP-Procon) os estabelecimentos devem orientar lojistas a adotarem sistemas de entregar domiciliar, o “delivery”, que é permitido pelo decreto estadual, se seguido sob condições sanitárias.

Os shoppings têm até 48 horas para informar sobre o acatamento da recomendação à Promotoria de Justiça , via e-mail. Em caso de descumprimento, medidas administrativas de multa e suspensão de atividades, além de medidas judiciais, serão adotadas.

Paraíba Debate com Informações Jornal da Paraíba

Compartilhar

Enquete

Você é CONTRA ou A FAVOR de encerrar a quarentena do COVID-19?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp