Suspeito de atirar e matar universitária durante assalto em João Pessoa tinha sido apreendido há 3 meses pela PM

A Polícia Militar já identificou o suspeito de atirar e matar a universitária Meirilane Taís da Silva, de 19 anos, na noite da última quarta-feira (15), durante um assalto no bairro do Tambiá, em João Pessoa. Ele é um adolescente de 14 anos e tinha sido apreendido pela Força Tática do 1º Batalhão no dia 17 de novembro do ano passado, na comunidade do Porto do Capim, no bairro do Varadouro, na capital, suspeito de roubar a arma de um vigilante da Companhia Brasileira de Trens Urbanos, no feriado de 15 de novembro.

A identificação dele foi feita após a Polícia Militar apreender um jovem de 17 anos, nesta sexta-feira (17), que estaria pilotando a moto no dia do latrocínio (roubo seguido de morte) contra a estudante. O detido confessou a participação no caso e contou como tudo aconteceu, apontando o jovem que ainda não foi apreendido como o autor do disparo que tirou a vida da estudante de biomedicina.

O suspeito apreendido está na Central de Polícia Civil e várias equipes da Polícia Militar realizam buscas para localizar o segundo suspeito, bem como a moto e a arma usadas no latrocínio da universitária.

Secom da PB

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp