Transposição das águas do São Francisco é discutida na Assembleia

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) realizou nesta  quinta-feira (10), sessão especial para discutir a competência das obras complementares à transposição do Rio São Francisco. O deputado estadual Guilherme Almeida foi autor do requerimento para a realização da sessão que foi aberta pelo presidente da Casa, deputado Adriano Galdino, destacando a importância de debater a respeito do momento hídrico do estado.

Galdino lembrou que a Transposição do São Francisco é uma obra que já deveria ter sido realizada há anos e culpou a falta de união entre os políticos nordestinos e, principalmente, paraibanos ao longo dos anos. “Quando a classe política se mostra unida, os resultados são imediatos. Se essa união estivesse brigando pela Transposição ela já teria sido concluída”, afirmou o presidente.

A sessão contou ainda com a presença dos deputados Anísio Maia, Bosco Carneiro, Daniella Ribeiro, Estela Bezerra, Janduhy Carneiro, João Gonçalves, João Henrique, Nabor Wanderley, Raoni Mendes e Renato Gadelha. Para o deputado Guilherme Almeida, que presidiu a sessão, a questão hídrica estadual é um assunto de extrema relevância e precisa ser debatido para que a população paraibana tenha conhecimento a respeito das responsabilidades municipais, estadual e federal nesse processo. Na Paraíba, existem obras da transposição em dois trechos, através das cidades de Monte Horebe (Eixo Norte), no Sertão, e Monteiro (Eixo Leste), no Cariri.

Já o secretário de Estado de Recursos Hídricos da Paraíba, João Azevedo, afirmou que debater a respeito da questão hídrica do estado é extremamente importante e o Governo do Estado tem adotado iniciativas para amenizar os efeitos da seca. “O Governo do Estado através dos seus órgãos, Secretaria de Recursos Hídricos, Aesa e a Cagepa tem tentado de todas as formas tomar as medidas e realizar as ações necessárias que possam minimizar os efeitos de uma estiagem tão prolongada”, garantiu o secretário.

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp