Tribunal de Contas suspende aumento nos salários de prefeito e vereadores do Sertão paraibano

O conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB), Oscar Mamede Santiago, emitiu medida cautelar determinando a suspensão dos efeitos da Lei 347/2018, que aumentou salários do prefeito e vereadores do município de Monte Horebe, no Sertão do Estado. A decisão foi publicada na edição desta quinta-feira (19) do Diário Oficial do órgão.

A representação foi formulada pelo Ministério Público de Contas que alega que a lei contraria dispositivos constitucionais e legais. Ao emitir a cautelar o conselheiro justifica que uma possível demora poderia causar danos ao erário.

O prefeito Marcos Eron Nogueira (MDB) e o presidente da Câmara, José Soares de Sousa (MDB) devem suspender a lei até decisão final do tribunal sobre a matéria. Foi concedido um prazo de 15 dias para que os dois gestores apresentem defesa.

Antes do TCE, já havia decisão judicial sobre o tema, revogando o aumento. Diante da repercussão negativa, o próprio prefeito decidiu revogar o reajuste.

Veja também:

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp