Tucano cutuca Estado em latrocínio, mas se omite no Caso Diogo

Pedro Cunha Lima (Foto: Ascom)

Dois pesos e duas medidas? O deputado federal e advogado Pedro Cunha Lima (PSDB) usou sua rede social, essa semana, para cutucar a segurança do Governo da Paraíba no caso de latrocínio, registrado contra uma jovem universitária, na última quarta-feira (15), em João Pessoa, mas não teve o mesmo senso de justiça quando o assunto é o “Caso Diogo”.

Na Paraíba, poucos parlamentares utilizaram as redes sociais e até mesmo a tribuna da Câmara dos Deputados para cobrar punição ao estudante Rodolfo Carlos, que atropelou e matou um agente de trânsito em serviço, Diogo Nascimento, 34, por se recusar a cumprir uma ordem de parada durante uma blitz da lei seca em João Pessoa, Capital da Paraíba.

Imagens de câmeras de prédios mostraram o momento em que o estudante, que é herdeiro de família de empresários do ramo da comunicação, café e automobilístico, acelera seu carro, um Proshe, contra o agente, que não resistiu e morreu.

Passados quase 1 mês da morte do agente, apenas Luiz Couto, do PT, é quem se manifesta e pede punição para o estudante, que, após atropelar e matar um agente público, até agora, se encontra em liberdade.

Em seu blog, o jornalista Marcos Wéric, trata a iniciativa do parlamentar como “aproveitadora”.

Segundo ele “ O assassinato da estudante universitária no bairro de Tambiá é um fato lamentável sob qualquer ângulo. O Estado tem que dá respostas e a população tem todo direito de cobrar mais segurança. Agora usar o fato para tirar proveito político como fez o deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) é inadmissível…..”

“Não me lembro, por exemplo, do excelentíssimo deputado cobrando justiça pela morte do agente de trânsito Diogo, assassinado pelo amigo de sua família, Rodolpho Carlos da Silva. Tenho certeza que a vida da estudante vale o mesmo que a vida do agente e os dois assassinos tem que ser punidos severamente. Eu não quero crer que o deputado pense diferente”, postou. Clique aqui e leia na íntegra

Créditos do PBAGORA

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp