Última sessão da CMCG durou um minuto

Imagem: Divulgação

A última sessão de 2016 da Câmara de Vereadores de Campina Grande, realizada nesta quinta-feira (22), durou cerca de um minuto e não tratou sobre o reajuste salarial de 26% dos vereadores e nem a criação do 13° salário, projetos aprovados na quarta-feira (16) e alvo de pelo menos três protestos desde então.

camara-ultimasessao-campinagrande

A sessão foi aberta às 9h34 (horário local) pelo vereador Miguel Rodrigues (PSC) e estavam presentes os parlamentares Galego do Leite (PTN/Podemos), Orlandino Farias (PSC), Olímpio Oliveira (PMDB) e Lula Cabral (PMB).

Miguel Rodrigues desejou feliz Natal e ano novo aos presentes e aproveitou para se despedir, já que não foi reeleito. Logo em seguida, o vereador declarou encerrada a sessão por falta de quórum.

Era esperado que a Câmara discutisse a possível revogação do aumento salarial e da implantação do 13° salário. Na quarta-feira (21), o presidente da casa, Pimentel Filho (PSD), informou que reuniria bancada de oposição para discutir o reajuste e, na quinta-feira, daria um posicionamento, mas ele não participou da última sessão.

Abaixo-assinado
O Sindicato dos Trabalhadores Públicos do Agreste da Borborema (Sintab) está colhendo assinaturas na Praça da Bandeira, no Centro, para um abaixo-assinado que pede a revogação dos projetos. O intuito é reunir 12 mil assinaturas.

Fonte: G1

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp