Vereador afirma que foi ameaçado de morte por presidente da Câmara após denunciar atraso no pagamento dos servidores

O vereador de Santa Luzia, Rodrigo Morais (PSDB), concedeu entrevista ao programa “Rádio Verdade”, da Arapuan FM nesta terça-feira (07) e comentou sobre a ameaça que sofreu do presidente da Câmara Municipal, Hemerson Kerll (PSDB), que afirmou que daria um tiro na cabeça do parlamentar. Segundo Morais, o fato se deu após ele cobrar o pagamento dos servidores da Casa.

“Usamos as redes sociais para denunciar o não pagamento dos servidores da Câmara, todos estão trabalhando sem receber mesmo com o repasse do duodécimo. Uma denúncia simples, nada estrondoso, e ele simplesmente ligou para minha mãe e o meu padrasto dizendo que daria um tiro na minha cabeça”, relatou.

O parlamentar afirmou ainda que não é a primeira vez que Hemerson ameaça de morte um vereador da cidade por ser questionado sobre sua atuação frente ao Poder Legislativo. “Não é a primeira vez que ele assim procede, ele já ameaçou de morte um outro vereador de Santa Luzia”, destacou.

E finalizou dizendo: “A gestão dele não agrada, com atos que ferem os princípios administrativos e estamos apenas questionando, inclusive votei nele para a Presidência da Casa. Não sou adversário dele, somos do mesmo partido, mas não posso aceitar que alguns atos sejam praticados e fique calado.”

O ocorrido ganhou repercussão na noite de ontem, segunda-feira (06).

Redação

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp