Vereador campinense chama PHS de “partido suvaco” e deve se filiar ao PSL de Bolsonaro

Alexandre do Sindicato, vereador pelo PHS (Foto: Reprodução)

O vereador Alexandre do Sindicato, vice-líder da bancada do prefeito Romero Rodrigues (PSDB) na Câmara Municipal de Campina Grande (CMCG), fez duras críticas ao seu partido, o PHS, que em breve, deve receber cinco deputados da bancada do governador Ricardo Coutinho (PSB).

Crítico do governador, Alexandre não concorda com a mudança de rumo do partido. Segundo ele, a legenda está crescendo em quantidade, mas sem qualidade. “Esperava que o partido pudesse crescer com qualidade, lamento que o PHS esteja enveredando o caminho de apoiar quem não nada a oferecer a este Estado”, afirmou.

Alexandre também criticou o fato de o presidente do partido se sentir dono, e fazer disso um negócio. “Não é de hoje que sofro com esse partido de suvaco, onde o presidente bota em baixo do braço para negociar. Você fazer parte desses partidos tem que pagar um preço muito caro”, concluiu.

Dizendo ser insustentável a sua permanência no PHS, Alexandre do Sindicato disse que deve se filiar ao PSL do presidenciável Jair Bolsonaro, pelas bandeiras que o partido defende, com as quais ele se identifica. O vereador adiantou que já se reuniu com o presidente estadual do partido Julian Lemos, e em breve deve anunciar o seu ingresso.

Redação com Carlos Sousa

Veja também:

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp