Vereador eleito é preso suspeito de agredir esposa dentro de padaria, na Paraíba

Um vereador eleito de 38 anos foi preso na noite dessa terça-feira (09) suspeito de agredir a esposa dentro de uma padaria de propriedade do casal na cidade de Pilõezinhos, Brejo paraibano.

De acordo com o delegado Ricardo Sena, superintendente da 8ª Seccional de Polícia Civil, sediada em Guarabira, o político estava dentro do estabelecimento e não teria aprovado um produto que teria sido colocado pela mulher para vender.

“Houve uma discussão e durante o bate-boca, o vereador eleito agrediu a mulher. Ele foi preso em flagrante e enquadrado na violência doméstica com base na Leia Maria da Penha, sem direito a fiança. Ele foi levado para o Presídio Regional Vicente Claudino, em Guarabira, onde aguarda o resultado da audiência de custódia”, disse o delegado Ricardo Sena.

O advogado do vereador não foi encontrado para falar sobre o assunto.

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp