Viatura abandonada ilustra situação caótica que vive a Guarda Municipal de Pocinhos

A Guarda Municipal de Pocinhos se encontra abandonada e sem nenhuma atenção por parte da Prefeitura Municipal. Essa é a informação repassada por alguns integrantes, que pediram para não serem identificados, repassados ao Portal Paraíba Debate, juntamente com fotos que mostram a única viatura da Guarda jogada e abandonada na frente do prédio.

A Guarda Municipal de Pocinhos tem a sua base instalada na Feira Central, e de acordo com o relato de um dos Guardas ela não funciona 24 horas por dia, e a Prefeitura não cumpre com o que determina a Lei Federal 13.200, que trata dos princípios mínimos de funcionamento das Guardas Municipais.

“Ela não faz rondas no patrimônio público, que é de competência nossa, dando uma folga a e um auxílio a Polícia Militar. A única viatura que tem se encontra parada, com pneus carecas e furado, abandonada a própria sorte e sem oferecer o mínimo de dignidade ao nosso trabalho”, relatou um Guarda Municipal.

A Guarda de Pocinhos foi criada no ano de 2011, na época do então prefeito Arthur Galdino, e funcionava com duas viaturas e auxiliando o povo nas ocorrências, em uma época que ainda não existia lei prevendo funcionamento desta instituição. “Hoje o prefeito tem lei federal e mesmo assim descumpre isso, não oferecendo segurança pública aos moradores”, declarou.

De acordo com o relato dos profissionais “hoje a Guarda existe só no papel, aonde os guardas andam a pé para atender as ocorrências”. De acordo com as denúncias fato semelhante ocorre com o Conselho Tutelar, que não funciona com as mínimas condições, inclusive ambos poderiam trabalhar de forma parceira, mas os guardas acrescentam que “parece que o prefeito não gosta muito de lei e ordem na cidade”.

Meses atrás foi criada uma Lei na Câmara Municipal de Pocinhos, que prevê um regime de funcionamento da Guarda Municipal, mas que “o prefeito também descumpre em sua totalidade”.

Até o presente momento a Prefeitura Municipal de Pocinhos não se pronunciou sobre as denúncias.

Redação

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp