ACOMPANHE NOSSAS REDES

Cidades

Carro de jornalista Karina Araújo é doado para igreja evangélica da Paraíba

O veículo da jornalista campinense Karina Araújo, que contraiu covid-19 e faleceu em 2020, foi doado para o trabalho social de uma igreja evangélica paraibana. Sem condições de fazer os reparos do carro que estava com vários problemas mecânicos e decorrentes do tempo, a mãe entregou ao seu ex-namorado, que após consertá-lo, em comum acordo com ela, fez a doação a Igreja Batista de São Miguel de Taipu,

Neste sábado a mãe Deja Araújo ficou bastante emocionada ao ver o carro da filha que foi levado até ela pelo seu ex-noivo, o comandante do 4º BPM, coronel Gilberto Felipe, responsável por recuperá-lo e adesivá-lo e tomou a iniciativa de fazer a doação. “Tenho certeza de que minha filha está muito feliz e este ato acalma um pouco meu coração pelas tristezas que tenho passado. Karina gostava muito de ajudar as pessoas, sei o quanto lutou para comprar seu carro e não iria vendê-lo por qualquer valor ou entregá-lo a qualquer pessoa, já que não teria condições de fazer os reparos. Então esta foi a melhor alternativa porque será útil a pessoas que estão ajudando e fazendo o bem a outras”.

Ao ver o carro, Deja disse que passou um filme em sua cabeça. “Com este carro eu e minha filha passeávamos muito e depois com o agravamento do meu problema de osteoporose, era nele que ela me levava e me buscava para as consultas. Hoje vivo para que a memória dela seja sempre lembrada como a excelente profissional que era e que as injustiças da qual foi vítima sejam reparadas”.

Karina Araújo era produtora da TV Borborema e assessora de imprensa do 4º Batalhão de Polícia Militar de Guarabira e da 3ª Regional de Saúde em Campina Grande, Karina desfalcou o jornalismo de Campina Grande.

Copyright © 2024 - Todos os direitos reservados.