ACOMPANHE NOSSAS REDES

Cidades

Central de Transplantes contabiliza uma doação de múltiplos órgãos a cada semana

Central de Transplantes da Paraíba registrou, nessa quinta-feira (17), a terceira doação de múltiplos órgãos do mês de março. Foi, até agora, uma doação por semana, sendo uma em Campina Grande e as outras duas, em João Pessoa.

O último doador foi um homem de 47 anos, vítima de um acidente de moto. Com a confirmação da morte encefálica do paciente, a família autorizou a doação.

Todos os receptores são paraibanos que aguardavam na fila de espera. O fígado foi implantado em um homem de 65 anos, já os rins doados tiraram da máquina de hemodiálise um homem 47 anos e outro, de 38 anos. As córneas foram encaminhadas para análise no Banco de Olhos.

Este ano, a Paraíba soma 68 transplantes realizados, sendo 46 de córneas, um de coração, sete de fígado e 14 de rins. O número dá uma média de um transplante a cada 27 horas. Por outro lado, 503 pessoas ainda aguardam a doação de um órgão no estado. São 297 esperando uma córnea, cinco na fila por um coração, 16 precisando de um transplante de fígado e 185 aguardando um transplante renal.

“Esse resultado que estamos conquistando só é possível porque a cada dia mais famílias dizem ‘sim’ à doação de órgãos, porque mais pessoas têm se colocado no lugar de quem aguarda na fila esperando receber uma ligação dizendo que sua doação chegou. Esse gesto muda a vida do paciente e de todos que convivem com ele”, explica a chefe do Núcleo de Ações Estratégicas da Central de Transplantes, Rafaela Carvalho.

Copyright © 2024 - Todos os direitos reservados.