ACOMPANHE NOSSAS REDES

Política

Derrotados pelas urnas, Cunha Lima e Veneziano literalmente se abraçam para tentar eleger o filho de Cássio

Uma aliança até poucas semanas inesperada pelo povo, se concretizou com a derrota de Veneziano nas urnas no 1º turno das eleições para governador da Paraíba e hoje foi materializada com um abraço público fotografado pela militância. Adversário histórico do grupo Cunha Lima, o emedebista contrariou as expectativas, declarando apoio à candidatura de Pedro Cunha Lima, filho do ex-governador Cássio Cunha Lima, afastado da vida pública após duas derrotas sucessivas, uma em 2014 para governador e outra em 2018 para senador.

Mais do que um abraço, a união do ex-governador Cássio e do senador Veneziano representam o fim de uma era de oposição em Campina Grande, capitaneada por Veneziano. Com a união das famílias Cunha Lima e Vital do Rêgo, foram traçadas questões como a sobrevivência política de Veneziano e seu grupo e sucessão municipal de 2024.

Para os seus eleitores “raiz” restaram reações de estranhamento, desapontamento e até reprovação pela perda da identidade que sempre acompanhou Veneziano, numa guinada de 360 graus em direção aos adversários históricos, numa clara mostra de que em se tratando de política tudo é possível, mas nem tudo é combinado com o povo.




Copyright © 2024 - Todos os direitos reservados.