Em novo decreto, Bruno deve cancelar feriado de São João em Campina Grande e reabrir parques

Foto: Codecom/CG

A Prefeitura de Campina Grande vai lançar nesta sexta-feira (18) um novo decreto municipal regulamentando as regras de isolamento e combate à Covid-19. Dessa vez o município deve seguir a maioria das regras contidas no decreto estadual. A tendência, inclusive, é de cancelamento do feriado de São João deste ano – no dia 24 de junho – como fez o governador João Azevêdo (Cidadania).

O feriado é lei municipal e não poderia, em tese, ser ‘derrubado’ por um decreto – nem do município, muito menos do Estado. O prefeito Bruno Cunha Lima (PSD) estuda medidas judiciais para essa questão.

O objetivo da suspensão é desestimular a realização de aglomerações, já que o feriado poderia impulsionar encontros e aglomerações, algo impensável em meio ao agravamento da pandemia que voltou a registrar índices alarmantes de casos, internações e óbitos.

Campina Grande deverá reabrir parques e áreas públicas, não seguindo a recomendação do decreto estadual que recomenda que estes espaços permaneçam fechados até o dia 2 de julho, mantendo a característica do município de flexibilizar mais que o Estado. Expectativa para que não haja judicialização como em outros casos.

Veja também:

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp