Fiocruz alerta municípios paraibanos para risco de 3ª onda da Covid-19 e critica flexibilização em bares e Igrejas

Foto: Divulgação/Procon-PB

Marcelo Gomes, coordenador do Infogripe da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), pediu cautela aos municípios paraibanos que optaram por flexibilizar alguns segmentos econômicos e atividades sociais em meio à pandemia da Covid-19, isso após a queda dos números da doença no Estado.

Para o técnico, a liberação de atividades artísticas e culturais em bares e restaurantes e o aumento da capacidade público em Igrejas para celebrações de Missas e Cultos, podem gerar uma terceira onda do novo Coronavírus na Paraíba.

“Ainda estamos em uma situação muito complicada. João Pessoa tem conseguido manter um período de diminuição de novos casos, especialmente associado a internações, mas ainda estamos num patamar muito elevado. Templos religiosos, shows em bares e restaurantes facilitam a transmissão. Esse tipo de coisa pode justamente colocar em risco a manutenção dessa queda. Se dermos azar de interromper a queda, vai ser muito preocupante”, disse Marcelo Gomes ao jornalista Maurílio Júnior.

Veja também:

Compartilhar