ACOMPANHE NOSSAS REDES

Policial

Homem é preso contra pedofilia na Grande João Pessoa

Imagem ilustrativa

Um homem de 35 anos foi preso na manhã de ontem (5), em Rio Tinto, Região Metropolitana de João Pessoa, durante uma força-tarefa de combate a crimes sexuais contra crianças e adolescentes.

Participaram da operação profissionais do Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado do Ministério Público da Paraíba (Gaeco/MPPB) e polícias Federal, Civil e Militar.

As investigações foram conduzidas pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente do Distrito Federal. De acordo com o delegado Felipe Augusto Vilela Campos, são apurados os crimes de estupro de vulnerável, constrangimento ilegal, compartilhamento e armazenamento de materiais pornográficos envolvendo menores de idade.

O homem preso em Rio Tinto tinha quatro mandados de prisão temporária e dois de preventiva em aberto.

A força-tarefa foi criada em 18 de maio, Dia nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. O grupo tem uma atuação permanente para coibir crimes previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e no Código Penal, que têm como vítimas crianças e adolescentes, no âmbito da Paraíba.

Entre os crimes que estão sendo investigados e reprimidos pela força-tarefa, estão: produção de cena de sexo explícito ou pornográfica; venda de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica; disponibilização, transmissão, distribuição de cena de sexo explícito ou pornográfica; aquisição, posse ou armazenamento, por qualquer meio, de fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica (todos envolvendo crianças e adolescentes, previstos no ECA), além de estupro de vulnerável (Art. 217-A do CP).

Copyright © 2024 - Todos os direitos reservados.