Justiça decide por manutenção do afastamento do prefeito de Camalaú

O juiz Rodrigo Augusto Gomes Brito Vital da Costa, da Comarca de Monteiro, deu cumprimento a uma determinação do Tribunal de Justiça da Paraíba, mantendo o afastamento cautelar do cargo de prefeito de Camalaú, de Alcsandro Bezerra dos Santos, por mais seis meses.

Sandro Môco como é conhecido, foi afastado do cargo de prefeito desde dia 14 de agosto de 2020, quando foi alvo da Operação Rent a Car, que o acusa de fraudes em licitações e desvio de recursos públicos.

Mesmo afastado, Sandro Môco conseguiu ser candidato a prefeito de Camalaú, mas não conseguiu assumir os destinos do município. A cidade de Camalaú está sendo administrada pelo vice-prefeito Bira Mariano.

A determinação da prorrogação do asfaltamento de Sandro Môco foi comunicado pelo magistrado ao presidente da Câmara, Auricélio Bezerra dos Santos.

Fonte: Blog do Bruno Lira

Compartilhar