ACOMPANHE NOSSAS REDES

Paraíba

Marinha investiga origem de “equipamento misterioso” encontrado em praia da PB; entenda

(Foto: Divulgação/Reprodução/Redes Sociais)

Nesta sexta-feira (9), populares que frequentavam a Praia do Bessa, em João Pessoa, ficaram perplexos ao deparar-se com um equipamento misterioso encalhado na areia. Inicialmente, o objeto suscitou especulações, alimentando a curiosidade dos banhistas, até que foi identificado como uma boia satélite, utilizada para o monitoramento de mares e até mesmo para a pesca de atum.

O dispositivo, conectado via satélite, é capaz de enviar informações em tempo real para os responsáveis, fornecendo dados cruciais sobre as condições do mar e auxiliando na localização de cardumes de atum, uma prática comum na região. Diante do achado, uma equipe da Secretaria de Meio Ambiente (Seman) foi acionada para investigar o caso.

Veja também: PRF inicia operação para o Carnaval 2024 nesta sexta-feira (9)

Especialistas da Seman prontamente compareceram ao local, registrando fotos do equipamento antes de recolhê-lo. Posteriormente, a boia foi encaminhada à Capitania do Porto, da Marinha do Brasil, onde passará por uma perícia detalhada para investigar sua procedência e finalidade.

Este é o primeiro registro da aparição de tal instrumento no litoral paraibano, o que adiciona um tom de mistério e intriga ao achado. Curiosamente, uma situação semelhante ocorreu em Alagoas, onde uma boia satélite idêntica foi descoberta na Praia do Mirante da Sereia, no Litoral Norte de Maceió, em 2018.

O equipamento em questão apresenta informações técnicas, incluindo o nome do modelo “Tuna 8 Explorer” e a marca do fabricante, Zunibal, além de dados relativos à zona de monitoramento em alto mar. Composta por uma boia de aproximadamente dois metros de circunferência e uma peça eletrônica com placas solares, ambas conectadas por cabos, a boia continua sendo objeto de investigação para desvendar seu mistério.

Copyright © 2024 - Todos os direitos reservados.