ACOMPANHE NOSSAS REDES

Política

Mesmo sem aliança no 1º turno, Lula e João Azevedo mantém diálogo e postura amigável

Matéria da Folha de São Paulo, relata que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem conduzido, pessoalmente, acordos que privilegiam potenciais aliados, em detrimento de nomes do próprio PT, na hora de escolher que candidatos apoiar para governos estaduais, em sua pretensão em voltar ao Palácio do Planalto e o percursos não deixou de passar pela Paraíba.

Lula estaria mantendo canais de diálogo com governadores até onde ainda não se cogita uma aliança formal com o PT nesse primeiro turno. É o caso de Sergipe e Paraíba. O ex-presidente já se reuniu com o governador sergipano, Belivaldo Chagas (PSD), que deverá lançar o deputado Flávio Mitidieri, seu correligionário, à sucessão. Apesar da boa relação com o PT, Lula aposta na candidatura do senador Rogério Carvalho ao cargo.

De acordo com a matéria, o ex-presidente também já conversou com o governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania). Mas o petista não pretende contrariar o ex-governador Ricardo Coutinho (PT) por uma dívida de gratidão.

Recém-filiado ao PT, Coutinho foi ferrenho defensor de Dilma Rousseff, quando ainda era filiado ao PSB, e hoje vê em Azevêdo um rival.

Sem perfil de político de carreira, mas de um técnico que foi eleito governador, João Azevedo foca suas energias na gestão, mantendo postura diplomática com outras matizes políticas, privilegiando o diálogo e o espírito público.

Com PBAgora

Copyright © 2024 - Todos os direitos reservados.