Namorada de suspeito por crime diz que passou final de semana com ele e não viu a vítima

A namorada de Jonathan Henrique, suspeito de ter assassinado a jovem caruaruense Patrícia Roberta, afirmou em depoimento à polícia que passou o fim de semana com Jonathan no apartamento dele e não viu Patrícia no imóvel.

A jovem, que está grávida de cinco meses de Jonathan, procurou a polícia nessa terça-feira (27). Ela também disse que tudo que está no apartamento, com exceção do computador e das roupas de Jonathan, pertence a ela, inclusive os livros de magia negra que foram encontrados no local, que ela disse que lia porque gosta de saber sobre outras religiões.

A polícia acredita que ela esteja tentando defender o namorado. Apesar de ter relatado que estava no apartamento no sábado e no domingo, ela não foi vista por nenhum vizinho e nem apareceu nas filmagens de nenhuma câmera de segurança na área.

Em entrevista concedida à TV Arapuan, ela disse que sabia que Patrícia ”foi um caso” que Jonathan teve há muito tempo, mas confessou que não sabia que os dois ainda mantinham contato pelas redes sociais.
A jovem afirmou que namorava com Jonathan há quase um ano e que eles moravam juntos, mas ela voltou para a casa dos pais após engravidar porque precisava fazer os exames de pré-natal. Ainda assim, ela contou que revezava finais de semana para passar com o namorado e no último sábado e domingo estava com ele.

Ela disse ainda que, na noite do domingo, Jonathan foi deixá-la na casa da mãe e afirmou que no dia seguinte procuraria a polícia para prestar depoimento porque percebeu que estava sendo acusado pelo desaparecimento da moça.

Jonathan Henrique foi preso no fim da noite dessa terça-feira (27), na casa de um amigo. A polícia deve investigar se a namorada dele teve algum envolvimento no caso.

Fonte: ClickPB

Compartilhar