Paraíba tem 13 açudes sagrando e 20 em situação crítica, informa Aesa

Imagem: Reprodução

Ainda no período mais chuvoso da região semiárida da Paraíba, o Estado tem registrado boas chuvas, principalmente neste mês de abril, o que tem contribuído para recargas de muitos reservatórios.

De acordo com o monitoramento da Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa), nesta quinta-feira (29), 13 açudes estavam sangrando e 20 permaneciam em situação crítica.

A maioria dos mananciais transbordando se localiza nas regiões do Sertão e Alto Sertão. São eles: Açude Bom Jesus (Carrapateira), Cachoeira dos Alves (Itaporanga), Cafundó (Serra Grande), Cochos (Igaracy), Gamela (Triunfo), Glória (Juru), Jenipapeiro (São José da Lagoa Tapada), Pimenta (São José de Caiana), São José I (São José de Piranhas), São José II (Monteiro), Manoel Marcionilo (Taperoá), Tavares II (Tavares)e Vazante (Diamante).

A Paraíba tem armazenada em seus 134 mananciais um percentual de 47% da capacidade total. Além disso, o complexo Coremas – Mãe D’Água, maior reservatório do Estado, também registrou bons aportes hídricos este ano, chegando a marca de 697 milhões de metros cúbicos de água, o que representa 54,08% de sua capacidade total.

Já os 20 açudes em situação crítica (com menos de 5% da capacidade) estão nas regiões do Agreste, Cariri e Curimataú do Estado.

Veja também:

Compartilhar