Polícia prende suspeitos de assassinar vigilante na Feira Central de Campina Grande; vítima ‘atrapalhava’ tráfico de drogas no local

146
Imagem de um dos suspeitos do crime (Imagem: Reprodução/Redes sociais)

Dois homens foram presos nesta quarta-feira (13) suspeitos de assassinar o vigilante Deivdson Alves Fernandes, 34 anos, na Feira Central de Campina Grande, no último dia 23 de dezembro de 2020. A prisão foi realizada pela Polícia Civil da Paraíba, por meio da Delegacia de Homicídios da cidade.

Os suspeitos de 19 e 23 anos foram presos no Conjunto Aluízio Campos, em cumprimento a mandados de prisão expedidos pela justiça com base nas investigações da Polícia Civil sobre o caso, segundo informou a delegada Suelane Guimarães, que nesta quinta-feira (14), em coletiva de imprensa, revelou que o vigilante seria um empecilho para o trafico e estava “atrapalhando” os negócios, sendo uma espécie de informante da Polícia Civil. Ela deixou claro que a vítima não tinha nenhum contato com as forças de segurança.

Os dois suspeitos presos foram contratados para matar o vigilante porque deviam ao tráfico e por isso tiveram que executar o “serviço”. Jonathan Adriano e Artur Felipe já tinham sido presos anteriormente.

Redação Paraíba Debate com informações do Blog do Paulo Pessoa

Veja também:

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp