ACOMPANHE NOSSAS REDES

Cidades

Prefeitura de Esperança vai acionar Justiça contra Zé Ramalho para reaver cachê de show cancelado: “prefeito não quer vê-lo na cidade”

A Prefeitura de Esperança vai entrar na justiça contra Zé Ramalho após o artista cancelar o show que deveria ter feito na última quarta-feira (29). Em entrevista ao ClickPB, a secretária de Comunicação Allana Almeida revelou que o prefeito Nobson Almeida (Nobinho) não quer mais ver o artista na cidade e não vai remarcar o show. Zé Ramalho foi contratado por R$ 300 mil e, segundo Allana, o contrato já estava 100% pago.

“A questão já está com o jurídico. Vamos entrar na justiça sim, porque o prefeito Nobinho não quer ver Zé Ramalho mais na cidade, não vai remarcar o show. Não consta no contrato que o show seria cancelado por conta de chuva”, revelou Allana Almeida. 

A secretária contou que a produção de Zé Ramalho chegou na cidade por volta das 14h e fez uma série de exigências. De acordo com Allana, tudo o que foi pedido foi cumprido. Somente por volta das 20h é que a produção informou que ele não faria o show por conta da chuva.

“Tudo o que eles pediam eram coisas que já tinham. Cabeamento aterrado, já tinha. Lona para cobrir o palco, colocamos. Até os Bombeiros chamamos e apresentamos o laudo comprovando que estava tudo ok. Então, para mim foi má vontade mesmo. As chuvas estavam normais e na hora do show não caía uma gota de chuva.”, desabafou a gestora.

Ela disse que que a atitude mostrou desrespeito com todo o público e com as caravanas que foram para a cidade. “Cadê o respeito com o público? Esperança estava pronta. Tinha várias caravanas”, falou Allana.

O artista famoso Zé Ramalho é paraibano e recebeu um cachê de R$ 300 mil para cantar em Esperança.

Fonte: Click PB

Copyright © 2024 - Todos os direitos reservados.