ACOMPANHE NOSSAS REDES

Cidades

Projeto do Departamento de Educação Física da UEPB ensina musculação a crianças

O Laboratório Pedagógico: Saúde, Esporte e Lazer (LP-SEL), programa de
extensão do Departamento de Educação Física da UEPB, está oferecendo às crianças a
partir de 11 anos, aulas gratuitas de uma modalidade esportiva que não é muito comum
ver os pequenos praticarem: a musculação.

O projeto, chamado de Musculação Infantil na UEPB, é coordenado pelo Professor Andrei Lopes, doutor em Ciências da Motricidade, especialista em musculação infantil e docente na universidade desde 2012. De acordo com ele, ainda há muito tabu em volta do tema. “Em 1999, o Conselho Federal de Medicina rejeitava completamente a prática da musculação para crianças. Fui eu que, juntamente com mais
alguns colegas pesquisadores na área, fizemos eles darem ao braço a torcer e, em 2001, o site do Conselho foi atualizado com novas informações sobre, e não mais condenando a musculação infantil.”

Hoje, em 2022, as pesquisas e a prática mostram que, quando bem orientada, a musculação é muito benéfica para os pequenos, desenvolvendo a consciência corporal, a força, a flexibilidade e a coordenação motora. Isso sem falar nos benefícios para a sociabilização e saúde mental da criança.

O advogado Paulo Locatto tem 3 filhos e todos eles frequentam as aulas semanais de musculação infantil no Departamento de Educação Física. Um dos filhos de Paulo está dentro do espectro autista e, de acordo com ele, a musculação é uma grande aliada no progresso cognitivo do garoto. “Ele já havia praticado judô e gostava bastante, mas na musculação ele precisa se concentrar mais para realizar o movimento correto e, além disso, é algo que ele faz com outras crianças, observando o que elas
estão fazendo e interagindo.”

Mesmo com uma aceitação maior, tanto no meio social como no meio científico, a musculação infantil ainda continua causando certo estranhamento. Ver uma criança fazer uma série no supino é tão impressionante quanto raro.

Sobre o Laboratório Pedagógico: Saúde, Esporte e Lazer
Também conhecido como Escolinha do DEF, o Laboratório existe desde o final
dos anos 1990 e é coordenado pela professora Anny Dantas.
Diversas modalidades são oferecidas como: artes marciais, natação,
hidroginástica, futsal, musculação, atletismo, dança e ginástica. Tudo de forma gratuita
e inclusiva. As aulas são ministradas por alunos da instituição sob a supervisão de
professores do curso.
As aulas acontecem todas as terças e quintas, com turmas pela manhã e à tarde.

Copyright © 2024 - Todos os direitos reservados.