ACOMPANHE NOSSAS REDES

É Noticia

Senado aprova projeto que autoriza tratamento químico hormonal para condenados reincidentes em crimes sexuais

Foto; Reprodução

Nesta quarta-feira (22), a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado Federal aprovou um projeto que tem gerado intensos debates: a autorização para tratamento químico hormonal voluntário de condenados reincidentes em crimes contra a liberdade sexual. A iniciativa, proposta pelo senador Styvenson Valentim (Podemos-RN), visa oferecer uma alternativa para conter a reincidência desses delitos.

O projeto em questão possibilita que condenados mais de uma vez pelos crimes de estupro mediante fraude ou estupro de vulnerável optem por se submeter a um tratamento químico hormonal de contenção da libido. Em contrapartida, esses detentos poderão usufruir do benefício da liberdade condicional, desde que sigam o tratamento hormonal.

É importante ressaltar que a decisão de aderir ao tratamento e os possíveis benefícios associados a ele só serão concedidos após uma avaliação criteriosa por parte de uma comissão médica, que deverá confirmar os inícios dos efeitos do tratamento.

O projeto tramita em regime terminativo, o que significa que, caso nenhum senador apresente recurso para levar o projeto para votação no plenário do Senado, em até cinco dias após a aprovação na CCJ, ele seguirá diretamente para apreciação na Câmara dos Deputados.

A proposta tem suscitado opiniões diversas na sociedade e no meio político, levantando questões éticas, legais e de eficácia do tratamento. Embora a intenção seja reduzir a incidência de crimes sexuais, o projeto enfrenta críticas relacionadas à sua efetividade, aos direitos humanos dos detentos e à possibilidade de uso inadequado ou abusivo do tratamento.

O tema certamente continuará a ser objeto de intensos debates e análises, à medida que avança no processo legislativo e na esfera pública, refletindo as preocupações e dilemas enfrentados pela sociedade em relação à segurança pública e aos direitos individuais.

Copyright © 2024 - Todos os direitos reservados.