Sobrinho de Expedito teria tramado outro homicídio, segundo revelou acusado do crime

124

Leon Nascimento, acusado de executar o ex-prefeito de Bayeux, Expedito Pereira, assinou um acordo de delação premiada com o Ministério Público da Paraíba e prestou depoimento contando a sua versão sobre o homicídio praticado por ele.

Na segunda parte, ele afirma que Ricardo Pereira era envolvido em outros crimes, inclusive no sumiço de um veículo que pertencia ao médico da cidade.

Leon também confirmou que recebeu ameaças de Ricardinho, caso não executasse o ex-prefeito de Bayeux e que o sobrinho de Expedito também tramou o assassinato de Hélder, hoje funcionário da UPA do município.

Fonte: Primeiras Notícias

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp