Veja como votaram os deputados paraibanos na votação sobre imunização da rede privada

O plenário da Câmara aprovou, por 307 votos a 82, a convocação do ministro da Educação, Abraham Weintraub, para explicar aos parlamentares os cortes no orçamento das universidades públicas e de institutos federais.

A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (6), o texto-base da proposta que permite à iniciativa privada comprar vacinas contra a Covid-19, para a imunização gratuita de seus empregados, desde que doe a mesma quantidade ao Sistema Único de Saúde (SUS). A aquisição das vacinas, segundo o texto, poderá ser feita pelas pessoas jurídicas de direito privado, individualmente ou em consórcio.

Foram 317 votos de deputados a favor do veto, e 120 contra. A votações dos destaques que podem alterar o texto vai prosseguir nesta quarta-feira (7), em sessão do Plenário marcada para as 13h55. 

Dos seis deputados federais que votaram, quatro deles votaram a favor e dois contra. São 12 deputados, sendo que seis não compareceram a sessão. 

Votaram favoravelmente para compra das vacinas, os deputados, Edna Henrique, Leonardo Gadelha, Pedro Cunha Lima e Wilson Santiago. Para não realizar a compra das vacinas, votaram não,  Frei Anastácio e Gervásio Maia.

Fonte: ClickPB

Compartilhar